Por que ler José Saramago?

Ok, depois de alguns posts sobre esse autor, aaacho que já deu para perceber que ele ta ali entre os meus queridinhos não é mesmo? Na verdade eu já falei isso aqui no blog em vários posts, mas vai que você é um desses desavisados ou alguém que acabou de chegar por aqui? Então é sempre bom repetir essa informação, Saramago é sim um dos meus autores preferidos.
Escolher um autor, ou alguns autores, como preferido não é lá uma tarefa muito fácil. Mas depois que você escolheu, você já parou para pensar por que você considera essa pessoa assim tão boa no que faz? Eu acho que nunca tinha pensado nisso, mas em algum momento depois de ler O Homem Duplicado, eu fiquei pensando por que eu gosto tanto do Saramago mesmo?

Se você já leu Saramago, leia minha lista e vê se concorda comigo. Se você nunca leu nada dele, leia minha lista e quem sabe você não passa a considerar uma boa ideia conhecer esse autor.

#1 Quebra de padrões

Se você pegar um livro do Saramago e folhear a primeira coisa que você vai perceber é que todas, absolutamente todas as páginas são iguais. Como assim? Saramago escreve um texto de um bloco só. Ele não é lá muito chegado a escrever parágrafos e nem vê necessidade em usar pontuações, travessões ou aspas nos textos.

Isso é meio estranho não é? Pra que fazer um texto assim? Só pra complicar nossa vida? Não sei, não sei de onde ele tirou que isso era uma boa ideia. Não vou dizer que isso deixa o texto mais dinâmico porque não sou hipócrita. Ler Saramago não é lá a leitura mais confortável que você vai fazer na sua vida, mas é interessante perceber que você não precisa de todas essas pontuações para mergulhar e compreender bem uma história. Saramago mostra o quanto a linguagem é flexível e o quanto é interessante trabalhar fora da caixinha, sem se preocupar com regras.

#2 Sair da zona de conforto

Já falei, as obras do Saramago tão longe de ser confortáveis e não é só por causa da diagramação retangular de toda página. Ele não escolhe os temas mais fofos e nem segue por caminhos muito agradáveis. Sabe aqueles textos carregados de criticas e ironias? Nem sempre essas criticas vão ser escrachadas. Saramago é para quem gosta de ler nas entrelinhas.

#3 É pra quem gosta de por o dedo na ferida e dar uma rodadinha

Saramago é para os fortes. Ele não se importa se você vai ficar ofendido, se você vai se magoar com o que ele falou. Se ele observa alguma coisa que funciona de um jeito meio duvidoso na sociedade ou algum valor questionável, porque deixar esse assunto quieto? O que tem de mais polêmico ou de muito estranho ai para gente conversar? Então vai ser esse mesmo o tema.
Quando você pega um livro dele, não fique esperando uma história muito inocente não. De um jeito ou de outro você vai tomar um tapa na cara e não vai nem saber de onde veio. No minimo você vai terminar o livro e ficar com uma pulga atrás da orelha, repensando algumas coisas.

#4 Ele têm umas ideias que a gente não sabe de onde vem

Sabe quando você ta distraído, olhando pro nada e ai pensa em alguma coisa muito aleatória. Mas tem que ser muito aleatória mesmo, tipo “já pensou se todo mundo fosse cego?” . Saramago era o tipo de pessoa que fazia isso com uma certa frequencia, mas ele não se contentava em parar por ai. Ele pegava essas ideias aleatórias e trabalhava em cima e criava uma metáfora perfeita para  nossa sociedade.
Também fico com a impressão que as vezes ele ficava ouvindo alguém conversar sobre um tema e ai ele dava uma risadinha discreta e pensava coisas do tipo “Tá ai reclamando da efemeridade da vida, mas imagina só que terrível que seria não morrer?”

#5 Ele sabe contar uma boa história

E é pra isso que um escritor serve, contar história. Do que adianta querer criticar o mundo todo, querer escrever sobre os assuntos mais interessantes se você nem sabe contar história?
A grande sacada do Saramago é que ele dialoga com o leitor e com os personagens e tempo todo. Não fica aquele tom de uma história que acontece lá longe num mundo distante. Por mais absurdas que algumas situações sejam, ele cria uma realidade muito palpável. Se você quebrar toda a dificuldade inicial do texto quadrado, sem pontuações, você consegue mergulhar na história de um jeito tão intenso que a sua realidade e a realidade dos personagens viram uma coisa só.

Saber usar a língua para se aproximar do leitor é uma das grandes virtudes de um bom escritor, na minha opinião, e isso é uma coisa que o Saramago sabe fazer muito bem.

E se você for dos mais conservadores ainda pode considerar outros bons motivos tipo o fato dele ser o único escritor de língua portuguesa a ganhar um Prêmio Nobel. Pouca coisa o cara não é né? Mas acho que Prêmio Nobel é uma coisa boa sim, obvio, mas não deve ser a unica motivação que um leitor precisa para conhecer um autor. E nem deve ser motivo para você se deixar intimidar. Por mais diferentão que Saramago seja, ele é só mais um autor Português que tinha muita coisa boa para falar pra gente. Tira ele do pedestal e dê uma chance porque ele era realmente muito bom.

Anúncios

3 comentários sobre “Por que ler José Saramago?

  1. Há tempos, iniciei a leitura de Jangada de Pedra e logo me aborreci e desisti (olha que acho que não costumo desistir fácil). Depois, ao ver entrevistas e matérias sobre o autor e suas opiniões políticas, peguei antipatia de vez. Mas você conseguiu me instigar a dar mais uma chance a ele, quem sabe um dia. Abraços

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s