Bons motivos para ler Valente do quadrinista Vitor Cafaggi

valente-34-cor (1)

Sim, o post de hoje começou de um jeito muito diferente porque esses quadrinhos resumem perfeitamente qual é o tema de Valente.

Valente é um quadrinho sobre um adolescente de 17 anos, super nerdinho, sem muita desenvoltura social, viciado em sanduíche de rosbife, que vive se apaixonando e vivendo amores platônicos. O problema começa quando o amor deixa de ser platônico e ele se vê obrigado a viver uma relação de verdade e precisa ter muito jogo de cintura para lidar com todos os problemas da vida real.

Algumas pessoas já tinham me recomendado esse quadrinho e eu peguei esses tempos numa troca e comecei a ler sem muitas expectativas. Para ser sincera não foi amor a primeira vista. Ao contrário do Valente, eu tenho pouca paciência para amor a primeira vista e amores platônicos. Mas o personagem cresce muito ao longo da história e alguns pequenos detalhes me ganharam totalmente e depois de ler os 3 primeiros volumes eu posso dizer que estou apaixonada por essa HQ. Então em vez de ficar aqui contando o que eu achei ou deixei de achar, vou fazer uma listinha com alguns bom motivos para tentar te convencer a dar uma chance para os quadrinhos do valente.

#1 Os personagens são animais

No primeiro momento você até pode achar que os bichinhos são para deixar a historia mais bonitinha, mas não é. Pelo menos eu não enxerguei assim. A grande sacada é que cada personagem é um bicho muito diferente do outro. O valente é um cachorro e isso não impede ele de se apaixonar por uma gatinha, literalmente. A primeira paixão dele é a gatinha Dama e a segunda é uma panda, muito fofa que é a Princesa. E muito menos impede ele de seus melhores amigos serem macacos, ou elefante, um rato, um coelho… enfim. Eles serem animais deixa os personagens mais fortes, mais singulares e mostra como não existem barreiras reais entre as pessoas só porque elas são diferentes.

#2 É muito mais que a história de um adolescente apaixonado

Valente tem como assunto principal o amor. Mas ele também fala sobre um adolescente que não é nem o mais bonito, nem o mais inteligente e está longe de ser o mais popular. Fala sobre se sentir deslocado no mundo do ensino médio, sobre a fase de adaptação no inicio da faculdade. Fala sobre as expectativas e os medos de qualquer adolescente. É muito fácil se identificar com o Valente. E principalmente acho que o que mais pega nessa história é que ele mostra a importância das amizades. Ele divide todos os melhores momentos, os mais marcantes, constrangedores,  e divertidos, junto com os amigos dele.

A melhor amiga do Valente é a Bu, uma macaquinha linda e que vive jogando as verdades na cara dele e que tem muito da irmã do Vitor, a Lu Cafaggi. Olha que coisa mais linda! O Vitor criou uma história tão sensivel e real, porque ele escreveu baseado em tudo o que ele sentiu um dia com aquelas experiências. Além da Bu ter muito da Lu Cafaggi, tem ainda uma irmãzinha sensacional, que sempre me faz rir, que também mostra outro lado da Lu. E os outros amigos dele, a galera do RPG, são sensacionais! Eles são divertidos, vivem dando conselhos duvidosos e vivendo aventuras (nada reais porque são as aventuras das partidas mesmo). E tem o Mel! Não vou falar sobre o Mel, apenas vou dizer que ele é o melhor personagem dos amigos do Valente. Fim.

image description

#3 (e melhor motivo) As referências.

Já falei que o valente é um cara nerd, mas não nerd por ser o melhor aluno da sala, ele é nerd pela personalidade mesmo entende? O quadrinho é cheio de referências geniais e eu vou fazer uma outra lista (inception de listas) com alguns exemplos de referências/citações que aparecem ao longo da série. Algumas não são nerds, mas mesmo assim são muito geniais e muito engraçadas

  • Harry Potter
  • É o tchan (como ali no quadrinho que usei no inicio do post)
  • Cavaleiros do Zodíaco
  • Dirty Dance
  • Power Rangers
  • Rocky Balboa
  • Livros e partidas de RPG (o Valente faz parte de um grupo de amigos que passam o final de semana jogando RPG)

Tem mais algumas coisas que aparecem ao longo da história, mas essas são algumas das mais divertidas. Alias, a turma do RPG é sensacional! Adoro quando eles se juntam pra jogar.

#4 O traço é lindo demais

Motivo mais bobinho até aqui, mas devemos reconhecer que o traço do Vitor Cafaggi é maravilhoso. A história fica ainda mais bonita e delicada só pelo traço dos personagens.

Também devo dizer que os personagens são muito coerentes e muito bem construídos. Apesar da história ser curta, a gente passa a conhecer cada personagem muito bem e sabe o que esperar de cada um.

Enfim, o mundo precisa de mais coisas fofas e precisa de mais quadrinhos sensíveis como Valente. A história de um adolescente, que como qualquer outro, só se ferra e tenta aprender alguma coisa com os erros. E não se deixe enganar pelo jeito atrapalhado e meio covarde do nosso cachorrinho. Ser Valente de verdade é se entregar e se permitir viver todas essas histórias de amor, mesmo quando não tem muita chance de sucesso.

Os três primeiros volumes são: Valente para sempre, Valente para todas e Valente por opção e foram publicados pela Panini. Nesse final de semana vou ler o 4º volume que é Valente para o que der e vier.

Vou deixar também 2 videos aqui. O primeiro é uma entrevista com o Vitor e com a Lu Cafaggi, porque eles fizeram um trabalho que todo mundo elogia, quando criaram A turma da Mônica Laços, pro Graphic MSP. Esse primeiro video é do CDQ, assim como o segundo video, que é a opinião dos caras do canal sobre os três primeiros volumes de Valente. Tem Spoiler, mas não sofra com isso. Você pode achar ruim que eles entregam o destino do Valente, mas a história é muito mais que isso. Enfim, assistam os videos também e veja no segundo video o efeito que valente causa nas pessoas.

Video 1 – entrevista sobre Laços com Vitor e Lu Cafaggi no Clube dos Quadrinhos

Vídeo 2 – Sobre Valente também no CDQ

Anúncios

12 comentários sobre “Bons motivos para ler Valente do quadrinista Vitor Cafaggi

    1. Eu já estava curiosa sobre Laços e depois de conhecer Valente fiquei mais ainda!
      Recomendo muito que você assista a entrevista do Vitor e da Lu Cafaggi sobre o trabalho deles com a Gapic MSP. Deixei o link no final do post.

      Curtir

  1. O que falar desse blog que mal conheço e já considero pacas? ❤
    Comprei o primeiro volume de Valente e pelo visto já tenho que encomendar todos os outros!
    Demorei a me conectar com a história mas agora estou achando tudo tão fofo e esperto!
    O Valente é um amor e não tem como não torcer por ele!
    Sucesso e beijos!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s