Caro Michele – Natalia Ginzburg

A Cosac Naify é uma editora que sempre faz livros lindos, com edições super caprichadas e tem vários títulos muito bons. O problema é que em geral os livros são muito caros. Eu sempre caio na tentação de fuçar o catálogo deles e sempre fico alucinada, morrendo de vontade de comprar vários, principalmente os livros que fazem parte de coleções. Entre as coleções, a que eu mais quero com certeza é a coleção Mulheres Modernistas.

Por que que eu falei tudo isso? Porque há um tempo (muito tempo) atrás, a cosac fez uma promoção de bota fora e tinham vários livros com descontos absurdos. E foi nessa loucura toda que eu comprei o meu primeiro livro dessa coleção que foi o livro Caro Michele.

Esse foi mais um daqueles livros que eu comprei e comecei a ler sem saber absolutamente nada. E mais uma vez foi uma experiência muito gostosa.

Basicamente o livro são cartas trocadas entre a mãe do Michele, uma das irmãs, uma moça com quem ele teve um caso, um amigo e claro, o Michele. Só que na verdade, quase nem lemos as cartas do Michele, a grande a maioria são cartas enviadas a ele ou cartas trocadas entre esses personagens.

Nessas cartas vamos conhecer o Michele, que é um jovem italiano que saiu do país e ninguém sabe ao certo o motivo. Os22162471 pais dele são separados e ele tem uma relação complicada com a família.  Aos poucos nós vamos conhecendo qual é a situação da família e desses amigos dele.

Existem pouquíssimos capítulos no livro que não são cartas, basicamente são diálogos entre alguns desses personagens (e uns outros que aparecem, mas não se comunicam com o Michele).

Sempre que uma situação nos é apresentada por algum dos personagens, acabamos conhecendo o ponto de vista de pelo menos um dos outros personagens. Como os personagens são muito interligados, um problema pode afetar vários deles e por isso acabamos com mais de um ponto de vista sobre uma situação.

Se você ler o livro sem prestar muita atenção, você até vai perceber uma certa melancolia na historia, mas também vai se divertir com algumas cartas. Mas, se você prestar atenção, o livro na verdade é muito triste.
Todos os personagens tem vidas muito destruídas. Todos eles ou guardam alguma magoa, ou são muito sozinhos e desamparados. Mesmo o Michele. Sabemos muito pouco sobre ele, muito menos do que eu gostaria pelo menos, mas da pra perceber que a vida dele é muito conturbada, uma fuga eterna. Achei a história muito sensível.

Não tem como falar sobre o livro sem ficar dando spoilers e esse é um dos poucos livros que eu acho que o spoiler estraga tudo.

Caro Michele é muito bem escrito, os personagens são muito bem construídos. Você realmente sente que os personagens existem, você consegue imaginar muito bem cada um deles. E a leitura é muito leve, mesmo sendo um livro melancólico, a leitura é gostosa. Esse foi um daqueles livros que quando acabou eu fiquei pensando na historia por muito tempo. Alguns livros tem esse poder de não sair tão fácil da nossa vida. Várias vezes a gente se pega pensando em algum dos personagens ou refletindo sobre o que aconteceu no livro. Pra mim, Caro Michele é um desses livros.Esse não é um livro cheio de frases de efeito, mas é um livro que fica com você.

Caro Michele acabou sendo uma surpresa muito boa e agora eu quero ler mais coisas da Natalia Ginzburg. E também me empolguei mais ainda com a coleção Mulheres Modernistas. Se você não conhece a coleção, vou deixar aqui o catálogo da Cosac.

O livro tem 192 páginas, a edição é linda. Capa dura, fotinho da Natalia, papel pólen… lindo!

Anúncios

4 comentários sobre “Caro Michele – Natalia Ginzburg

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s