Sejamos Todos Feministas – Chimamanda Ngozi Adichie

8 de Março foi o dia Internacional da Mulher e eu não queria que a data passasse em branco. Sei que já estou um pouco atrasada, mas mesmo assim eu quero fazer um post sobre um livro muito curtinho e que tem muito a ver com essa data.

O livro de hoje é o “Sejamos todos feministas” da Chimamanda Ngozi Adichie. Já falei muito (muito mesmo) resumidamente sobre esse ensaio no post sobre o romance Americanah, mas dessa vez vou explicar melhor sobre o que se trata o livro.

Sejamos todos feministas é um ensaio baseado em uma palestra que a Chimamanda deu para o TED em que ela conta como se descobriu feminista. Digo isso porque o ensaio começa com ela falando que por muito tempo ela não tinha essa consciência de que era feminista. Essa descoberta aconteceu aos poucos quando ela começou a prestar mais atenção em 61798_ggtudo o que acontecia ao seu redor. Ela fala sobre o quanto os homens com quem ela convivia não entendiam o que era o feminismo e ainda usavam o feminismo como se ele fosse uma ofensa. Sempre que alguém ia falar sobre feminista falava sobre o quanto elas eram infelizes (de certo por serem mal comidas não é mesmo), ou que eram mulheres sem vaidade, ou que na verdade elas só queriam chamar a atenção. Com o tempo Chimamanda passou a se referir como “feminista feliz e africana que não odeia homens, e que gosta de usar batom e salto alto para si mesma, e não para os homens”.

De forma leve e descontraída Chimamanda discute sobre o quanto é importante repensar nossos hábitos e não permitir mais todas as imposições culturais que meninos e meninas sofrem diariamente. Ela questiona a educação que recebemos, questiona o quanto a nossa sociedade evolui em tantos aspectos, mas continua ignorando a questão de gênero.

“O problema da questão de gênero é que ela prescreve como devemos ser em vez de reconhecer como somos. Seríamos bem mais felizes, mais livres para sermos quem realmente somos, se não tivéssemos o peso das exigências de gênero.”

Assim como em Americanah, em Sejamos todos feministas Chimamanda discute a questão da mulher negra. Até porque, o feminismo não defende apenas a igualdade entre homens e mulheres, o feminismo é sobre igualdade de uma forma em geral. É sobre respeitar gênero, etnia, sexualidade etc.

O ensaio é super curtinho, tem uma linguagem muito simples e as situações que a autora usa como exemplo se encaixam perfeitamente na realidade de qualquer mulher. Não importa de onde você é, a cultura machista sempre vai diminuir as mulheres. Sempre existe uma pressão enorme para que as mulheres sejam ótimas donas de casa, ótimas esposas e mães. E mulheres que não sonham com essa vida ainda são muito julgadas.

Nesse ensaio Chimamanda deixa muito claro que essa consciência de igualdade não deve ser só das mulheres. Feminismo também é coisa de homem. Todos devemos lutar por uma sociedade mais justa e com menos preconceitos e imposições sociais.

Recomendo fortemente a leitura desse livro. É tão curtinho, mas tão esclarecedor. Infelizmente já não lembro de tantos detalhes do livro e por isso meu texto acabou ficando superficial, mas espero que vocês leiam esse ensaio e gostem muito da leitura.

Sejamos todos feministas foi lançado pela Companhia das Letras e na internet você encontra o e-book gratuito em vários sites de livrarias (inclusive baixei o meu no site da Amazon, dica para quem tem Kindle).

Se você quer uma ideia mais clara nada melhor do que assistir a palestra da Chimamanda no TED não é mesmo? Espero que essa força, essa clareza e essa energia tão gostosa também toque você.

Anúncios

4 comentários sobre “Sejamos Todos Feministas – Chimamanda Ngozi Adichie

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s